Governo quer dinheiro em Caixa

https://i0.wp.com/geraldofreire.uol.com.br/palacio_do_campo_das_princesas.jpg
Imagem

Governo Pernambucano diz estar preocupado com a aprovação da PEC 300

Para que o Governo precisa de dinheiro em caixa? para várias coisas, sabemos. como exemplo poderíamos citar Educação, Saúde, Alimentação, Moradia, etc, etc, etc…

Mas, o que seria ter a melhor sala de aula, o melhor professor, sem ter quem garanta o seu direito de estudar? ou ainda, do que nos adiantaria saúde se não houvesse que garantisse o nosso direito de desfruta-la em um belo dia de sol, numa praia, ou até mesmo num simples passeio pelo pelo centro da cidade sem ser molestado em seu direito de ir e vir, voltando não como saiu, mas totalmente abalado pela violação de sua integridade e direito de posse? Prosseguindo em nosso exemplo, alimentação faz parte de nossos direitos fundamentais, mas como seria possível o gozo desse direito tão básico, se eu não pudesse comprar alimentos, ou até mesmo come-los em local público, ou no interior de meu lar, quando não possuísse a garantia de que ninguém o tomaria de mim, e se vinhesse a contecer, a quem poderíamos recorrer para a sustentabilidade da alimentação e do asilo inviolável que é nosso lar?

Assim como as nossas prioridades não são possíveis sem a existência do elemento de garantia dos direitos fundamentais, é inadmissível um governo querer poupar investimento no elemento fundamental de garantia do interesse comum; A hora de investir na segurança pública é agora, não pode ficar para época eleitoral, como simples promessas políticas. A segurança pública necessita muito mais que viaturas e armas novas, ela precisa de um profissional renovado e valorizado pelo poder que tem a reponsabilidade de fornece-lo de boa qualidade à sociedade.

Imagine você ser consultado por um médico que não possuísse condições de auto investimento, ou professores que não possuíssem dinheiro para compra de livros, investimento em cursos, e participação de simpósios? Você confiaria em um profissional que não esteja satisfeito com sua profissão, mesmo que vocacionado, e que precisasse se desgastar em funções em que nada contribuem para o seu crescimento técnico profissional? você confiaria em um piloto de avião que precisasse trabalhar em seus dias de folga como vendedor de pipoca, não descansando, não possuindo os momentos necessários com seus familiares, e não aprimorando seus conhecimentos sobre sua profissão? você viajaria na aeronave por ele pilotada depois de saber de todos estes fatos?

Você confia no seu policial? é a ele que você entrega todos os dias a direção de sua segurança! Um policial do estado de Pernambuco não possui condições de investimento profissional sem que isto comprometa seu orçamento doméstico; um policial pernambucano não acompanha o crescimento de seu filho, pois para isso teria que desfrutar de sua folga, o que já é comprometida pelo POGV, um serviço voluntário para complementação salarial, que sufoca o PM sem permitir-lhe mais a convivência familiar, e o relacionamento social com sua comunidade; Um policial da PMPE não sustenta condição de comprar armamento particular, pois o valor de uma boa arma ultrapassa bem mais que 100% de seu ordenado , o que o fragiliza na segurança de sua família; Muitos policiais moram em bairros que comprometem a integridade de seus familiares, bem como aferece risco à sua vida. Os Policiais pernambucanos são, em sua grande maioria, insatisfeitos com sua realidade salarial, motivo este que ano após ano o Estado perde investimento em homens e mulheres que migram para outras funções públicas que VALORIZEM o profissional, dando-lhe mais condições humanas. Como confiar em um profissional que não pode crescer? Como podemos esperar algo de uma categoria que não tem sido respeitada pelo poder executivo estadual? como cobrar de um profissional tanta função, quando não o favorecemos com o mínimo que necessita para mantimento pessoal? A resposta para essas perguntas já sabemos: NÃO PODEMOS.

Por isso cobre de seus políticos providência e exijam a aprovação da PEC 300 que visa valorizar este profissional que faz da nossa sociedade um meio possível de convivência. A PEC 300, é um projeto de Emenda Constitucional que ordena um piso nacional para todos os Policiais Militares, Policiais Civis e Bombeiros Militares do Brasil. O piso estaria fixado no que hoje corresponde ao salário da categoria no Distrito Federal.

Você deseja o melhor Profissional de Saúde, o Melhor Educador, e porque não exigir de seus representantes na câmara o melhor Policial para lhe garantir um atendimento mais satisfatório?

Ligue para o senado:

DISK CÂMARA:

0800 619 619

* A ligação é grátis de qualquer lugar do Brasil

* Quando a telefônica atender, basta dizer ao Deputado Federal (nome) de Pernambuco,

para a apoiar a PEC 300/2008, que unifica os salários dos Policiais e Bombeiros Militares do Brasil.

Ou entre em contato por e-mail:


E-MAILS:

* Deputados Federais (acesse http://www.camara.gov.br);

* Autor da proposta – Deputado Arnaldo Faria de Sá (dep.arnaldofariadesa@camara.gov.br);

* Ao parlamentar que encaminhou requerimento para instalação da Comissão Especial – Deputado Major Fábio (dep.majorfabio@camara.gov.br);

* Ao presidente da Câmara de Deputados – Michel Temer (dep.micheltemer@camara.gov.br)

Anúncios
Esta publicação foi escrita por Gregório Júnior e publicada em março 8, 2010 às 6:46 pm. Está arquivada em PEC 300, PM, PMPE. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: