Merece confiaça a Bíblia sagrada?

Durante muitos séculos a Bíblia tem sofrido vários ataques de toda sorte. Entre o século XVII à XX, foi atacada por várias correntes ideológicas e políticas. No geral as afirmações era de que o Livro Sagrado, tratava-se de uma obra nzão confiável, cheio de lendas e mitos, produzido por um povo envoltos de supertições e religiosidade.
Devemos nos lembrar que estes séculos foram marcados por uma ênfase exacerbada na razão, que era o crivo de todas as coisas, produzindo assim os mais diversos movimentos: Racionalismo, Iluminismo e Humanismo. Também produziu movimentos sociais: Socialismo, Comunismo e o dito movimento Evolucionista. É preciso entender que todos estes movimentos têm o homem como sendo o centro e medida de todas as coisas, isto é, o homem é o centro do universo, a causa primária. Sendo assim, a Bíblia e o Deus dela não tem nenhum espaço nestes movimentos. São totalmente excluídos da vida humana. Em 1948, aconteceu um fato que ainda é celebrado no mundo ainda hoje, foi o achado arqueológico mais importante dos tempos modernos: Os Rolos do Mar Morto, encontrados na região de Qumran. Os rolos estavam a 32km do sudoeste de Jerusalém numa região de muitas cavernas. Qual a importância deste achado? Bem, nesta descoberta foi encontrado todos o Antigo Testamento com excessão do livro de Ester. Este achado data do primeiro século de nossa era, logo, é muito antigo; Antes a Bíblia mais antiga que havia era conhecida como Código Alepo, do século X d.C. A Grande dúvida dos eruditos era se o Código Alepo era confiável, pois, ainda não havia uma fonte mais antiga. Esta Descoberta provou aos eruditos que os escribas (redatores) quando escreveram no primeiro século foram fiéis ao seu trabalho, isto é, o que foi escrito no século I está em harmonia e propósito com o que foi escrito no décimo século da nossa era. A Bíblia mais uma vez tinha razão! Todos os Ataques desferidos por seus oponentes durante aqueles séculos caíram por terra, essa descoberta no Mar Morto obriga-os a recuar no que diz respeito a “confiabilidade do texto”. Hoje a moderna arqueologia Bíblica tem lotado os museus de todo o mundo, asseverando que a Bíblia TEM razão!

A Bíblia continuará sofrendo represálias por parte daqueles que rejeitam as verdades escrituradas. Todavia, este amado livro tem suportado: afrontas, calúnias, aberrações, ateísmo, maus tratos, ignorância acadêmica, ódio, falsa exegese, etc. Por outro lado há aqueles que: a amam, lêem, seguem, vivem, crêem, confiam, esperam, etc. Terminamos este artigo evocando a sabedoria sapiencial do poeta bíblico: “Lâmpada para os meus pés é a tua Palavra e luz para os meus caminhos” (Sl 119:105).

Leiam a Bíblia, ela é Divina e de Confiança!

Texto do Professor de Teologia Dic. Pedro Pereira

Anúncios
Esta publicação foi escrita por Gregório Júnior e publicada em março 4, 2010 às 1:55 am. Está arquivada em Arquelogia Bíblica, Teologia. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: