Dúvidas

O quanto nós podemos amar?
O quanto nos cabe de sentimentos?
O que percebemos do que sentimos?
O que sabemos do nosso coração?
O que é a paixão?
O que é o amor?
Quem é o pseudo?
Quem é o verdadeiro?
Qual o que vem da alma?
Qual o que vem do corpo?
Qual o mortal?
Qual o eterno?
O eterno fica,
O mortal se vai.
O da alma não morre,
O do corpo acaba.
O pseudo não é,
O verdadeiro sempre o será.
O amor é um
A paixão é mais uma.
Do coração sentimos os sentimentos,
Dos sentimentos, só incerteza.
Em nosso universo desconhecido
sempre nos caberá a quantia do que já somos,
só seremos capazes de amar aquilo que já conhecemos, por sermos finitos, por sermos pequenos, por sermos nós mesmos.

Gregório Jr.,João Batista
em 04/01/2004
Anúncios
Esta publicação foi escrita por Gregório Júnior e publicada em dezembro 12, 2009 às 2:12 am. Está arquivada em Reflexão. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: