O Meu País – Zé Ramalho



Composição: Livardo Alves – Orlando Tejo – Gilvan Chaves

https://i2.wp.com/2.bp.blogspot.com/_0f4-mstNKkc/R35HJ5oyorI/AAAAAAAAAEU/zxdxjlpwWKI/s320/lula3monkeys.jpg

Imagem

Tô vendo tudo, tô vendo tudo
Mas, bico calado, faz de conta que sou mudo
https://i0.wp.com/4.bp.blogspot.com/_SCosv144nFI/Sb1HufJDCMI/AAAAAAAABEQ/Rwh4kWJLq4s/s400/menino+de+rua2.bmp

Um país que crianças elimina
Que não ouve o clamor dos esquecidos
Onde nunca os humildes são ouvidos
E uma elite sem Deus é quem domina
Que permite um estupro em cada esquina
E a certeza da dúvida infeliz
Onde quem tem razão baixa a cerviz
E massacram – se o negro e a mulher
Pode ser o país de quem quiser
Mas não é, com certeza, o meu país
http://escolaafranio.files.wordpress.com/2009/07/educacaodfsdf.jpg

Um país onde as leis são descartáveis
Por ausência de códigos corretos
Com quarenta milhões de analfabetos
E maior multidão de miseráveis
Um país onde os homens confiáveis
Não têm voz, não têm vez, nem diretriz
Mas corruptos têm voz e vez e bis
E o respaldo de estímulo incomum
Pode ser o país de qualquer um
Mas não é com certeza o meu país
https://i0.wp.com/1.bp.blogspot.com/_HkWfzcwTggk/Sagyi_03r6I/AAAAAAAAA6s/DHiI1XwpOV8/s320/Analfabetismo+Funcional.png

Um país que perdeu a identidade
Sepultou o idioma português
Aprendeu a falar pornofonês
Aderindo à global vulgaridade
Um país que não tem capacidade
De saber o que pensa e o que diz
Que não pode esconder a cicatriz
De um povo de bem que vive mal
Pode ser o país do carnaval
Mas não é com certeza o meu país
https://i2.wp.com/2.bp.blogspot.com/_0OIuN5ZOWUw/SnDVotxlg8I/AAAAAAAAEjU/pFZKqWcfcrw/s400/palha%C3%A7o.jpg

Um país que seus índios discrimina
E as ciências e as artes não respeita
Um país que ainda morre de maleita
Por atraso geral da medicina
Um país onde escola não ensina
E hospital não dispõe de raio – x
Onde a gente dos morros é feliz
Se tem água de chuva e luz do sol
Pode ser o país do futebol
Mas não é com certeza o meu país

https://i2.wp.com/2.bp.blogspot.com/_0f4-mstNKkc/R35HJ5oyorI/AAAAAAAAAEU/zxdxjlpwWKI/s320/lula3monkeys.jpg
Tô vendo tudo, tô vendo tudo
Mas, bico calado, faz de conta que sou mudo
https://i1.wp.com/www.jornaldosamigos.com.br/vasectomia_pelo_SUS.jpg

Um país que é doente e não se cura
Quer ficar sempre no terceiro mundo
Que do poço fatal chegou ao fundo
Sem saber emergir da noite escura
Um país que engoliu a compostura
Atendendo a políticos sutis
Que dividem o brasil em mil brasis
Pra melhor assaltar de ponta a ponta
Pode ser o país do faz-de-conta
Mas não é com certeza o meu país

https://i2.wp.com/2.bp.blogspot.com/_0f4-mstNKkc/R35HJ5oyorI/AAAAAAAAAEU/zxdxjlpwWKI/s320/lula3monkeys.jpg

Tô vendo tudo, tô vendo tudo
Mas, bico calado, faz de conta que sou mudo

Anúncios
Esta publicação foi escrita por Gregório Júnior e publicada em outubro 5, 2009 às 3:25 am. Está arquivada em política. Guarde o link permanente. Seguir quaisquer comentários aqui com o feed RSS para este post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: